Notificações

 
 
Liquid vencem em Colónia e garantem titulo do Intel Grand Slam e mais de 1 milhão de dólares
 

Autor: Marcelo Silva

Data: 07 Julho 2019 19:43

 
 

Foi em junho de 2017 que a ESL anunciou um prémio completamente diferente dos outros todos, o Intel Grand Slam. Ao invés de ser um único evento a dar este valor à equipa vencedora, o Intel Grand Slam é composto pelo conjunto de eventos ESL Pro League, ESL One, IEM e DreamHack Masters, sendo que o vencedor é a primeira equipa a conseguir ganhar 4 eventos desses num espaço de 10 eventos consequtivos. O termo "Grand Slam" surgiu associado ao ténis para denominar o vencer dos quatro principais torneios num ano.

Imagem: ESL

A primeira temporada do Intel Grand Slam terminou em dezembro do ano passado quando a equipa dos Astralis venceu em Odense as finais da ESL Pro League S8, vencendo então os 4 torneios em 9. Essa temporada do Intel Grand Slam teve a duração total de 1 ano e 5 meses, inclundo um total de 15 eventos, uma vez que sempre que a equipa não ganha os tais quatro torneios no espaço de 10, o número de torneios volta a contar desde o último vencido (ou seja, se por exemplo os Astralis não tivessem ganho em Odense nem em Katowice os 10 torneios voltavam a contar apartir de Dallas).


Os Team Liquid conquistaram a segunda temporada do IGS em tempo recorde (Foto: ESL)

A segunda temporada iniciou-se então em fevereiro deste ano e menos de 5 meses depois já encontrou o destinatário do 1 milhão de dólares em prémio. Os Liquid conquistaram o prémio ao vencerem os Vitality na grande final da ESL One Cologne 2019 por 3-1, registando então o recorde de Intel Grand Slam mais curto. Devido à sua boa forma e também ao facto de os vencedores em titulo terem estado ausentes nos principais eventos, os Liquid venceram um total de 4 eventos consequtivos (em 63 dias): IEM Sydney, DH Masters Dallas, ESL Pro League S9 - Finais e agora ESL One Cologne 2019. Somando o prémio da ESL One Cologne com o do IGS, os Liquid levam para casa um total de 1 milhão e 125 mil dólares.

 

Comentários

É necessário ter o login feito para efectuar um comentário.