Notificações

Nexus Spirit 2.29 1.53
 
 
Esports presentes no Web Summit 2017
 

Autor: Marcelo Silva

Data: 24 Outubro 2017 10:02

 
 

O Web Summit é uma das maiores conferências de tecnologia da Europa, fundada no ano de 2009 e com bilhetes individuais a variar entre os 750 e os 25 mil euros esta conferência está pelo segundo (de um total de três) ano em Portugal.

Esta 9ª edição irá realizar-se entre os dias 6 e 9 de Novembro e, à semelhança do ano passado, no parque das nações, sendo que as conferências terão lugar no MEO Arena e na FIL.

Também à semelhança do que aconteceu na edição passada, o Web Summit este ano terá um total de aproximadamente 4 horas dedicadas a “esports”. Os esports aparecem sempre associados à indústria tecnológica visto que é esta que possibilitou o seu surgimento e que continua a possibilitar o seu crescimento. O interesse por parte das grandes marcas e conferências tecnológicas por este mundo não é recente e é fácil de se justificar tendo em conta os números apresentados pelos esports e ainda tendo em conta o crescimento económico desta mesma indústria.

Na edição deste ano estarão presentes cerca de 5 personalidades principais da área dos esports, indo desde a parte da organização dos eventos até à parte das equipas.


Ralf Reichert
Fundador da ESL e SK Gaming

A abrir o terceiro dia (8), que será o único onde haverão conferências dedicadas a esports,  estará Ralf Reichert, atual CEO e fundador da Turtle Entertainment/ESL e também fundador dos SK Gaming.

Com 42 anos, feitos em outubro do ano passado, Ralf possui um mestrado em Economia e está há cerca de 20 anos no ramo dos Esports, tendo antes disso trabalhado durante cerca de 9 anos no controlo de qualidade da BMW. 

A sua experiência em Esports inicia-se com a criação do clan Schroet Kommando de Quake em 97, que mais tarde viria a ser abreviado pela sigla SK Gaming e deixaria de ser apenas uma brincadeira de amigos para passar a ser uma das organizações dominantes do cenário internacional de esports. Quatro anos depois de ter fundado os SK Gaming, juntamente com os seus dois irmãos e mais alguns amigos, Reichert abandona a posição de Diretor Geral da marca SK para se dedicar ao novo projeto que desenvolvera na área, a ESL. 

 

Ralf enquanto discursa para uma plateia durante a Mobile World Congress em Barcelona (Foto por: gettyimages - Manuel Blondeau)

Em dezembro de 2000, Ralf funda a ESL/Turtle Entertainment e assume o controlo da mesma, tendo então em meados de 2001 desligado-se de outros projetos em que estava envolvido de forma a dedicar grande parte do seu tempo a este novo projeto que cresceria e se tornaria na maior empresa de esports do mundo. 

No inicio de 2015 a MTG, uma empresa internacional do setor do entretenimento, comprou 74% de ações na Turtle Entertainment GmbH, empresa detentora da ESL, por cerca de 78 milhões de euros. Mostrando assim o valor desta empresa do setor de esports na área do entretenimento. 

Esta conferência de Ralf no Web Summit 2017 irá falar precisamente sobre isso, a sua experiência na indústria de esports e a criação de desenvolvimento da maior empresa do setor, intitulada de “The greatest league in the world”, a apresentação de Ralf irá incidir na ESL e em temas como o investimento, redes sociais, marketing e publicidade. 

É esperado que Ralf fale especialmente sobre o caminho da ESL até à “globalização”, caminho esse que ainda se encontra em desenvolvimento, e que é um assunto que o CEO da empresa abordar diversas vezes. É ainda esperado que a compra de ações por parte da MTG seja abordada e desenvolvida, uma vez que esta ajudou a ESL no seu processo de expansão e desenvolvimento de conteúdos associados aos eventos e jogadores.


Sam Mathews
Fundador e Chairman dos FNATIC

Sam Mathews é o segundo conferencista do dia a discursar no “Player one” sobre Esports. O jovem britânico fundou a organização dos Fnatic há cerca de 13 anos, sendo que antes de serem constituídos por diversas equipas e terem um envolvimento gigante no cenário, os FNATIC eram apenas uma equipa sem grandes recursos para ir a eventos, sendo que em 2004, Sam teve de vender o próprio carro para conseguir cobrir os custos da equipa ir a Las Vegas, e foi depois de a equipa ter ido ao evento de Las Vegas e de ter ganho um total de 20 mil dólares que Sam fundou a organização e marca ‘FNATIC’. Quem ajudou em todo o processo de fundação dos FNATIC foi, também devido à sua experiência na área das finanças, a mãe de Sam, Anne.

 



Sam Mathews (Foto por: Mashable)
 

O que traz Sam de Londres até Portugal para uma das maiores conferências tecnológicas da Europa é precisamente falar sobre aquilo que melhor sabe: A criação e desenvolvimento de uma marca na área dos Esports. O título da sua apresentação é “The cult of an eSports franchise” e é esperado que Sam aborde o tema do crescimento dos Esports, desde o momento em que não eram nada até agora, altura em que os Esports despertaram um interesse quase global, tendo inclusive levado a que os próprios clubes de desportos tradicionais tenham a necessidade e o interesse de se juntar aos Esports como forma de captar um público jovem. Para além disto, Mathews deverá falar sobre a criação de uma marca de esports e como se pode desenvolver e trabalhar essa mesma marca de forma a obter o envolvimento do público e de forma a cativar o investimento. 

Espera-se que no fim desta apresentação de Sam se possa ficar a perceber melhor se as organizações e marcas de Esports têm a capacidade para criar um “branding” igual ou semelhante ao dos clubes de futebol como o Real Madrid ou Manchester. 

Para ajudar a responder a esta última questão, estará ainda presente na mesma conferência o editor chefe da secção de futebol do The Independent, Miguel Delaney.


Kieran Holmes-Darby
COO da exceL Esports 

Na terceira sessão do dia dedicada a Esports no Web Summit, quem irá discursar será Kieran Holmes-Darby, o diretor geral da exceL Esports, uma organização internacional com sede no Reino Unido. Os exceL nasceram em 2014, fruto da ideia dos irmãos Joel e Kieram Holmes-Darby, e têm por objetivo permitir aos seus jogadores competirem aos mais alto nível. Até há cerca de duas semanas, Kieram era o diretor de operações da organização, tendo recentemente subido na hierarquia para substituir Joel que se junto à Gfinity. 

Kieran é formado em Direito pela universidade de Lancaster, e é a pessoa responsável por elaborar os contratos da exceL, pelo que o tema da regulamentação nos esports e das questões legais no meio pode ser um dos temas a ser discutido. 


Joel (esquerda) e Kieran (direita) da exceL Esports (Foto por: ginogmedia)


Tim Reichert
CGO do Schalke 04 e Fundador da SK Gaming

Tim foi referido anteriormente neste artigo, uma vez que foi ele quem fundou, juntamente com o seu irmão, os SK Gaming. Atualmente o co-fundador dos SK lidera a divisão de Esports do conhecido clube de futebol alemão Schalke 04, pelo que faz todo o sentido que integre este painel de forma a falar sobre a sua experiência em esports e o que leva clubes de desportos ditos “tradicionais” a investir nesta nova tendência.

Tim é formado em gestão de empresas e eventos, sendo que do seu trabalho na área dos esports se pode destacar a fundação dos SK Gaming e o atual trabalho no Shalke 04, que abriu uma secção de Esports em maio de 2015 e posteriormente contratou Tim para posição de gestor desta área. Atualmente Tim é o Chief Gaming Officer do conhecido clube alemão Schalke 04 e irá estar presente no mesmo painel de Kieran e Ed Malyon.

 

Ed Malyon que é o atual editor desportivo do jornal britânico The Independent. 

Tim, Ed e Kieran ir-se-ão focar no tema “esports is not just a phase”, em Português, “Os esports não são apenas uma fase”.
O “Player One” do web summit irá receber várias personalidades dos Esports.


Andy Dinh
Fundador e CEO dos Team SoloMid 

Andy tem 25 anos e é o fundador da organização norte-americana TSM (Team SoloMid), bastante conhecida no League Of Legends, onde começaram em 2009. Inicialmente a TSM era um website comunitário do recém criado jogo League of Legends, sendo que apenas em 2011 a entidade passou a ser uma organização e a ter uma equipa a competir a nível profissional no LoL. Em 2015 a organização dos TSM investiu numa equipa de CS:GO, que até aquele momento representava os Team Dignitas, sendo que, de acordo com o The Daily Dot, os jogadores da equipa passaram a ser os mais bem pagos da história do Counter Strike.


Andy também jogou profissionalmente. (Foto retirada de: Gamepedia)

Andy é, atualmente, um dos donos dos TSM e também o coach da equipa de League of Legends da organização. Começou a jogar em 2008, tendo posteriormente abandonado a escola no seu “junior year” (equivalente ao 11º ano), para se tornar jogador profissional do mesmo jogo. Atualmente Andy encontra-se na lista “30 Under 30” (30 pessoas influentes abaixo dos 30 anos) da secção de “jogos” da Forbes, onde se encontram outras pessoas também influentes do cenário como é o caso do CEO dos Immortals e de Semmler, comentador de esports. 

O atual CEO dos TSM tem sido bastante falado depois de no passado ano ter estado envolvido em diversas questões ligadas à regulamentação do jogo. Como é o caso da questão da PEA, que foi bastante controversa na altura, onde as organizações norte-americanas se juntaram para tentarem formar uma associação de jogadores e posteriormente forçaram os jogadores a escolher entre uma liga de 1 milhão de dólares e a ESL Pro League, tendo os jogadores chamado SirScoots para os representar nessa questão.


Bracken Darrell
CEO da Logitech 

Nas conferências de esports aparece aqui um nome um pouco menos conhecido, uma vez que o seu envolvimento não está diretamente relacionado com a área dos esports, que é o de Bracken Darrell, o CEO da Logitech.  Por mais que não seja associada diretamente aos Esports, a realidade é que a Logitech (especialmente através sub-marca LogitechG) está bem presente nos mesmos, tendo entrado na ESL em 2016 e desde então marcado presença em grande parte dos eventos da marca.


Calendário das conferências:

Horário (GMT) Conferência/Titulo Palestrantes
11:15 "The greatest league in the world" Ralf Reichert
12:00 "The cult of an eSports franchise" Sam Mathews, Miguel Delaney
12:45 "eSports is not just a phase" Kieran, Tim e Ed
14:50 "eSports will be bigger than real sports in five years" Andy, Bracken e Ed

Todas as conferências decorrerão no dia 8 de Novembro.

Mais informações sobre o palco dedicado aos videojogos do Web Summit podem ser encontradas aqui.

Comentários

É necessário ter o login feito para efectuar um comentário.