Notificações

 
 
rmn: "Sabemos que na LAN somos muito mais fortes que qualquer equipa espanhola"
 

Data: 06 Abril 2019 11:15

 
 

Durante o dia de hoje os Defining Stars têm estado em Santa Maria da Feira para cobrir a jornada inaugural da Master League Portugal. Aproveitando esse facto e no seguimento das entrevistas anteriormente lançadas fomos ao encontro de Ricardo "rmn" Oliveira para saber mais sobre as últimas alterações na equipa, a oportunidade de disputarem se jogarem o qualificador para a BLAST Madrid, entre outros assuntos.

Confere a entrevista toda abaixo.


Defining Stars - Há dois dias atrás foi oficialmente anunciado o qualificador ibérico para a BLAST Pro Series Madrid 2019, no qual vocês irão participar. O que acham desta "alteração" face ao que é normal nos eventos BLAST Pro Series? Estando presentes no qualificador as melhores equipas espanholas, acham que o facto de as terem defrontado ao longo destes últimos meses vos deixou preparados para este desafio?

rmn - Eu acho que é uma pena a BLAST só fazer o qualificador para Madrid, porque preferíamos muito mais jogar a BLAST de Lisboa do que a de Madrid. Mas é claro que estamos super contentes por termos a possibilidade de a jogar, e vamos dar o nosso máximo. Sabemos que as equipas espanholas preparam-se sempre muito bem contra nós, sabem sempre como jogamos e fartam-se de fazer anti-strats e, portanto, vai ser um trabalho muito difícil para nós a qualificação, mas estamos confiantes e vamos trabalhar para isso.

Defining Stars - Sentem algum tipo de pressão extra devido ao apoio diário e expectativas dos vossos fãs?

rmn - Nós já estamos nisto há muito tempo e se estamos aqui temos que lidar bem com a pressão, claro que há dias que temos dias maus e a opinião do público afeta-nos muito mais, mas normalmente não nos deixamos afetar por isso. Claro que é sempre bom ter esse tipo de apoio e ajuda-nos bastante a trabalhar mais.

De acordo com rmn, os Giants têm a obrigação de saber lidar bem com a pressão

Defining Stars - Na LVP vocês estão atualmente em quarto lugar, já o ano passado acabaram a fase regular da ESL Masters em 3º, tendo posteriormente vencido as finais LAN, acham que irão conseguir repetir o feito e mostrar "quem manda na LAN" ?

rmn - Nós não estamos muito preocupados em qualificar-nos para a LAN porque é bastante fácil, visto que passam 6, sabemos que a partir de agora temos jogos muito acessíveis até ao final da temporada, só nos falta jogar contra os Movistar, de resto são jogos relativamente acessíveis e o nosso objetivo é ficar nos dois primeiros lugares, para não termos que jogar um jogo a mais na LAN. Sabemos que na LAN somos muito mais fortes que qualquer equipa espanhola, sempre fomos assim e vamos mostrar isso outra vez.

Defining Stars - Nas finais da MLP S2 em novembro, o mUt referiu numa entrevista ao nosso portal que a equipa estava a acusar um bocado de fadiga e cansaço, devido à sobrecarga de torneios e viagens. Nestes últimos meses já têm conseguido fazer uma melhor gestão horária e de torneios, evitando esses problemas?

rmn - Sim, ultimamente não temos tido muitas viagens porque desde que mudaram as regras da LVP/ESL podemos jogar desde Portugal e, basicamente, deixámos de ter viagens, desde que voltámos de Taiwan foi tudo muito mais tranquilo. Mas para além disso eu acho que foi muito os problemas dentro da equipa, que tivemos de fazer duas trocas e os roles não estavam a encaixar, o pessoal não estava a dar o litro, mas agora com este cinco tenho a certeza que vamos subir muito o nível e estamos a trabalhar muito e diariamente para isso.


Os Giants venceram a MLP S2, em plena LGW

Defining Stars - Vocês são os campeões em título da MLP. Consideram-se capazes e favoritos de se sagrarem novamente campeões?

rmn - Claro que sim, é o nosso objetivo, ganhar tudo em Portugal, como sempre fizémos até agora. Vamos com tudo como sempre e vamos ganhar!

Defining Stars -  Qual é a tua opinião, em relação aos últimos updates lançados pela Valve, como o aumento de balas na M4A1-S e do preço da AUG e a alteração no bónus de ronda perdida? Tem mudado a vossa forma de jogar, nomeadamente ao nível das armas que utilizam do lado contra-terrorista?

rmn - Eu acho que a mudança da economia tem fatores positivos e negativos. A parte da economia que mudou trouxe outra disciplina ao CS, faz com que as equipas não errem tanto, não arrisquem perder tantas armas, quando sabemos que um jogador tá a salvar uma arma não podemos ir quatro atrás dele e perder três. Isso salienta muito mais os erros nas equipas. E podes estar a ganhar 7-0, eles fazerem o 7-1, tu meteres o 8-1, que antigamente era um reset e agora já não é, já não consegues acumular dinheiro tão bem como antes. Por isso acho que a mudança na economia fez com que o pessoal tentasse fazer muitos menos erros e jogassem mais safe. Quanto à M4A1-S acho que é uma arma em que as 5 balas não fazem tanto a diferença porque o fire-rate é muito lento na mesma.

rmn e companhia venceram os XF Iberia por 2-0 na jornada inaugural da MLP S3

Defining Stars -  Apesar de não ser jogado nesta jornada inaugural da Master League Portugal, o Vertigo foi adicionado à map pool oficial. Como vês a saída do Cache e a entrada deste mapa, considerado por muitos ainda não estar a 100% para o nível competitivo.

rmn - Acho que é sempre bom haver alterações, para manter o jogo vivo, acho que isso é super importante. Acho que o vertigo é um mapa muito diferente dos outros e vai trazer outro tipo de jogo para o CS, vai trazer muito mais surpresas, vai ser um jogo mais rápido - algo que as pessoas não estão habituadas - e isso é bom, muda o ritmo de jogo. Acho ainda que o cache já estava a precisar de um remake, tal como o mirage, já estão há muitos anos na map pool, por isso estou sempre de acordo com o que a Valve faz, sinceramente.

Defining Stars -  Por fim, vocês venceram a equipa dos XF Iberia no vosso primeiro jogo na MLP S3 por 2-0 sem grandes dificuldades. Qual o balanço que fazes deste jogo?

rmn - Eu acho que os XF são uma equipa que prefere os mapas que nós nos sentimos confortáveis também, o que é azar deles porque vamos ter que jogar os mapas que nós estamos mais habituados a jogar e torna-lhes a tarefa mais difícil. Por isso foi um jogo muito tranquilo para nós, poucos erros e ganhámos tranquilamente.

Defining Stars - Para terminar, estás à vontade para fazer os agradecimentos que quiseres.

rmn - Quero agradecer aos Vodafone Giants, a todos os sponsors, ao nosso treinador que não para de trabalhar sem descansar e a toda a equipa que tem trabalhado imenso estes dias todos.

Comentários

É necessário ter o login feito para efectuar um comentário.